Inovações tecnológicas já fazem parte da rotina empresarial, seja por meio de aplicativos, softwares, máquinas de ponta ou outros elementos. Tarefas trabalhosas, que antes eram realizadas manualmente, hoje são finalizadas em um curto espaço de tempo.

O motivo para a tecnologia estar cada vez mais presente nas empresas é bem claro: ela facilita as funções administrativas, garante a produtividade no campo operacional e também auxilia a área comercial — esses fatores, aliás, acabam refletindo de forma positiva no atendimento ao cliente.

Além de ser um forte diferencial competitivo, automatizar processos empresariais acarreta inúmeros benefícios para o gestor e para a equipe. Quer saber quais são eles? Então confira a seguir!

Afinal, o que é automação de processos?

A automação de processos visa o aumento da produtividade e da performance empresarial, de maneira geral. Para isso, ela substitui atividades manuais ou as auxilia empregando a automatização por meio de softwares, equipamentos ou outros elementos tecnológicos. Resumidamente, a automatização pode ser vista como um componente da automação.

A seguir, confira alguns dos benefícios que essa dupla oferece para a sua empresa!

Implementação Pipefy

Otimização das funções administrativas

Quando se trata de gestão, a automatização é fundamental para a otimização das funções administrativas. Ao utilizar um sistema integrado, por exemplo, obtemos o controle das informações relacionadas a todos os setores da empresa.

Com poucos cliques podemos cadastrar novos produtos, configurar formas de pagamento, inserir ou visualizar informações de clientes, cadastrar novos fornecedores ou serviços prestados, enfim: o que antes demorava inúmeras horas para ser finalizado, hoje é feito de forma mais rápida com a automatização.

O sistema ERP online abre espaço para essas funcionalidades. Com ele, é possível dar adeus às planilhas e registrar dados precisos de forma eficiente. Até mesmo a gestão financeira e orçamentária é otimizada por meio de módulos completos que englobam controles de vendas, de fluxo de caixa, de estoque, entre outros.

Acesso aos indicadores de desempenho

Indicadores de desempenho (KPIs) de um negócio servem justamente para mensurar resultados que indicam o que está ou não está indo bem na empresa. Já ouviu falar que os números não mentem?

Quando se automatiza os processos — juntamente com a gestão — e há o apoio de uma equipe competente, é comum que os números apresentados em relatórios sejam sempre fidedignos e indiquem honestamente a situação do negócio.

Melhora da comunicação interna

Por meio de um sistema integrado é mais fácil visualizar dados de setores que se relacionam, como o de compras, logística e estoque, por exemplo. Isso não só agiliza a comunicação interna como também facilita o cruzamento de dados de diferentes períodos e o planejamento estratégico a médio ou longo prazo.

Com a automatização podemos obter informações sobre quantos itens ainda restam no estoque, quantos produtos foram vendidos em determinado mês, quais foram os produtos menos adquiridos etc. Nesse caso, o setor de compras se alinharia facilmente ao de vendas e planejaria futuras aquisições com base nessas informações.

Aumento da produtividade

Em suma, ao organizar os processos, munir todo o fluxo de trabalho com um sistema integrado, tornar a comunicação eficiente, reduzir operações manuais e eliminar falhas, vemos a produtividade aumentar.

Além do ERP, que já mencionamos, pequenas e médias empresas têm adquirido também o software de gestão de relacionamento com o cliente, ou software de CRM; dessa forma, além de garantir a excelência no registro e no processamento de dados, ainda garantem atendimentos personalizados — o que também reflete na produtividade!

Identificação de falhas nas atividades

Ao automatizar os processos internos da empresa utilizando um software de gestão empresarial, por exemplo, você conta com inúmeras funcionalidades, dentre elas a de emissão de relatórios.

Conforme já mencionado, os dados contidos nesses relatórios possibilitam visualizar os indicadores de desempenho estabelecidos, os quais permitem a identificação de falhas nas atividades e nas estratégias adotadas.

Além do que já foi mencionado, ainda contamos com os seguintes benefícios:

  • redução de custos operacionais;
  • otimização do tempo da equipe e do gestor;
  • auxílio no monitoramento de resultados;
  • redução de erros humanos;
  • padronização das atividades.

Enfim, neste artigo abordamos o que é automação de processos e apresentamos alguns de seus benefícios. Para a empresa alcançar o sucesso, de maneira geral, deve garantir que todos os setores utilizem metodologias e ferramentas de auxílio que possibilitem o controle e o processamento de dados.

Implementação Pipefy