A crise pegou o seu negócio? De uns tempos para cá, tem sido comum muitos vendedores reclamarem das poucas oportunidades de vendas que estão surgindo e, isso faz com que seja necessário rever as estratégias de vendas adotadas.

Nos períodos de baixa é essencial que novas estratégias sejam testadas, ajudando a melhorar a prospecção de novos clientes, a fidelizar os já existentes, a ampliar o networking e, claro, a modificar a percepção que o seu público possui da sua marca, fortalecendo-a.

Quer saber mais sobre esse assunto e aumentar as suas vendas? Continue a leitura desse texto e veja as estratégias que podem lhe ajudar a chegar lá!

1. Construa seu networking

O famoso “Q.I” (quem indica) ainda é essencial na prospecção de muitos clientes, sendo que em algumas áreas essa confiança é fundamental para fechar negócio.

Por isso, construir e fortalecer seu networking é extremamente importante, principalmente em períodos de poucas oportunidades de vendas. Além dos meios tradicionais, como participando de eventos, feiras e reuniões da sua área, você pode ir além e aproveitar os benefícios dos meios digitais.

Ter uma presença sólida nas redes sociais, por exemplo, pode ajudar bastante na hora de ampliar o seu networking, seja participando de redes estritamente profissionais (como é o caso do LinkedIn), ou ainda marcando presença ativa em grupos de discussão, fóruns e outros dentro do seu setor.

2. Fortaleça a sua marca e seja autoridade na sua área

Aliás, o mundo digital possui uma ótima janela de oportunidades para diferenciar a sua marca e ajudar você a vender mais – e ainda com um preço maior que o da concorrência.

Para conseguir isso, é essencial ter uma marca forte e diferenciada, que seja percebida pelo seu público-alvo como uma verdadeira autoridade no setor. Não acredita? Pense em exemplos como a Coca-Cola ou a Apple.

Por que essas marcas podem ter um preço tão superior diante da concorrência e mesmo assim continuarem vendendo tanto e por tanto tempo? Porque, quando compramos seus produtos, não estamos levando para casa um refrigerante ou um smartphone, por exemplo, estamos vivenciando uma experiência diferenciada e nos tornando parte de um grupo de pessoas que vivenciam essa exclusividade.

Isso é valor agregado à marca, que só acontece com um bom trabalho de branding. Através do Inbound Marketing e de uma estratégia bem alinhada é possível falar diretamente com o seu público-alvo, modificando a percepção dessas pessoas sobre o seu negócio.

Através de um blog, por exemplo, você poderá criar conteúdos exclusivos e direcionados às necessidades da sua clientela, ajudando-os a resolver o seu problema e agregando valor a sua marca, afinal o seu negócio não será visto apenas como uma empresa que deseja o lucro a todo custo, mas sim, como um negócio humanizado, que se preocupa com o bem-estar dos seus clientes e que é capaz de ajuda-los com conteúdo informativo e totalmente gratuito.

3. Faça uma prospecção qualificada com Inbound Marketing

Além de ajudar a fortalecer a sua marca e a diferenciar o seu negócio da concorrência, o Inbound Marketing ainda é capaz de melhorar a sua prospecção através de uma estratégia definida de captação de leads.

Dentro do marketing digital, chamamos de leads todas aquelas pessoas que visitam o seu blog e fornecem para você informações importantes de contato, como nome e e-mail, em troca de um material rico e altamente informativo, como um vídeo, um e-book ou uma newsletter, por exemplo.

Para captá-los e transformá-los em clientes é preciso definir uma estratégia e acompanha-la, não apenas criar e disseminar conteúdo às cegas. Assim, você precisará conhecer bem quem forma o seu público-alvo, quais são suas necessidades e problemas e como a sua empresa pode ajudar.

A partir disso, você poderá criar conteúdos focados em palavras-chaves específicas e, então, passar a se relacionar com esses visitantes, de modo que eles confiem na sua marca e desejem receber cada vez mais conteúdo informativo.

Você poderá, por exemplo, montar uma landing page (ou uma página de captura) para os materiais ricos que você produz, como e-books, webinars, infográficos e outros e, a partir dos dados fornecidos por esses leads, começar a dar início ao processo de contato, nutrição de leads e vendas.

ebook Inbound Marketing
ebook Inbound Marketing

4. Fidelize sua clientela

Prospectar novos clientes é importante para qualquer negócio, porém tem os seus custos que costumam quase sempre serem maiores do que os de fidelização.

Assim, busque reter um número maior de clientes e fazer vendas cada vez maiores e mais constantes para essas pessoas.

A partir do momento que você trabalha com estratégias para melhorar a percepção dos clientes sobre a sua marca, agregando valor a ela e fortalecendo-a, você passa a transformar clientes esporádicos em fãs do seu negócio.

Mas, não é só isso. Trabalhe para que seus clientes tenham um atendimento diferenciado constantemente, para que os valores do seu negócio sejam transmitidos de forma correta (e percebidos pelos seus clientes como um diferencial) e para que as suas equipes de vendas consigam superar as expectativas dos seus clientes.

Nesse sentido existem muitas estratégias que você poderá utilizar, como uma política de descontos para quem costuma comprar sempre com você, um treinamento diferenciado para todos os seus atendentes, um calendário de eventos com foco nas necessidades dos seus parceiros de negócios e até mesmo uma lista de e-mails com disparos de conteúdos interessantes e mantendo a comunicação sempre constante.

Conhecer bem a sua clientela é essencial para definir as estratégias de fidelização que melhor funcionem para essas pessoas.

5. Treine suas equipes

Não adianta implantar várias dessas estratégias e vender uma imagem da sua empresa que não condiz com a realidade.

Lembre-se que, muitas vezes, o primeiro contato do seu possível cliente com o seu negócio será através dos atendentes ou vendedores, por isso essas pessoas precisam estar alinhadas com a imagem que você vende da sua marca.

Se você trabalha para que o seu negócio seja reconhecido por se importar com as pessoas e ter um atendimento diferenciado e qualificado, é preciso que essas características sejam transmitidas logo no primeiro atendimento, caso contrário nenhuma das suas estratégias acima serão realmente valiosas, correndo o risco da sua empresa ser vista como mentirosa, afinal ela vende uma imagem que não é real.

Com essas dicas, ficou mais fácil reverter o quadro de poucas oportunidades de vendas e melhorar o seu caixa? Se você ainda tem dúvidas sobre essas estratégias de vendas, deixe um comentário pra gente!

ebook Inbound Marketing