O chatbot já é uma realidade na estratégia de marketing de muitas empresas. De acordo com uma pesquisa apresentada pela Chatbots Magazine, 80% das empresas participantes planejam construir um chatbot para a sua empresa em 2020.

No Brasil, o interesse por chatbot vem crescendo ao longo dos últimos 5 anos, como podemos ver nesse gráfico de tendências de buscas no Google.

Brasil. Nos últimos 5 anos. Pesquisa Google na Web.

Esses dados apenas reforçam o que temos visto diariamente: o uso dos chatbots em diversas frentes, tanto no SAC, como na captação ativa de novos clientes, e até mesmo atuando no fechamento de vendas.

Quer começar a fazer parte dessas estatísticas e passar a usar o chatbot nas suas estratégias? Veja a análise que fizemos das ferramentas mais usadas atualmente!

1. Zenvia

A Zenvia é uma plataforma de comunicação com soluções em SMS, voz, WhatsApp, e-mail ou aplicativos de mensagens. É a marca parceira oficial no Brasil provedora de soluções WhatsApp Business API.

Com a plataforma é possível criar bots para diversas aplicações como agendamento, atendimento, FAQ, campanhas de marketing, geração e qualificação de leads, recuperação de carrinho abandonado, entre outras soluções.

A ferramenta tem um plano inicial gratuito para 1 agente no chat com recursos básicos. Com esse plano é possível implementar bots nos canais do Facebook e Site e fazer até 1000 trocas de mensagens por mês.

2. ManyChat

O ManyChat permite a criação de chatbots para atuar no Facebook Messenger, com uma interface bastante amigável. Com ele, você poderá criar bots para atuarem em áreas variadas como marketing, suporte ao cliente e vendas.

A ferramenta é fremium, ou seja, você começa testando gratuitamente e podendo usar até duas sequências de conversas pré-definidas. A versão free também conta com a ferramenta de comentários no Facebook.

Porém, para poder ir mais longe é preciso pagar. Os planos começam em 10 dólares (aceitando pagamento via PayPal ou cartão de crédito) e o preço pode ir subindo de acordo com as interações e o número de usuários.

3. Botsify

A ferramenta ficou conhecida por ter como cliente a Apple.Com ela também é possível criar um bot para o Messenger, de forma simplificada e sem exigir nenhum conhecimento em programação.

Uma funcionalidade interessante é a que permite aos usuários iniciarem uma conversa com uma pessoa real quando o bot não conseguir encontrar uma solução.

Ainda é possível analisar as transcrições das conversas e gerar relatórios, além de ensinar o robô quais situações ele pode ou não resolver sozinho, ampliando seu escopo e melhorando as suas capacidades conforme ele vai sendo usado no negócio.

O Botsify ainda permite uma integração bem fácil com outros plug-ins como o Analytics. Os valores variam, existindo a possibilidade de uso gratuito (algo interessante para os pequenos negócios) ou o pagamento de 49 dólares mensais para chatbots ilimitados.

4. Chatfuel

O Chatfuel promete que qualquer pessoa pode criar o seu chatbot em apenas 7 minutos. O principal diferencial, contudo, é que a ferramenta é totalmente gratuita e você só terá de pagar caso queira realizar alguma demanda bem específica.

A ferramenta ainda oferece serviços exclusivos para grandes empresas que desejam tornar seus chatbots ainda mais personalizados.

No início, os chatbots apenas funcionavam no Telegram, mas hoje é possível construir bots para o Facebook também. Alguns clientes grandes da plataforma são os times da NFL e da NBA, além da MTV.

5. MobileMonkey

Outra ferramenta bem interessante é a MobileMonkey. Com ela, você poderá criar um bot para o Facebook ou para o Skype, sem precisar conhecer programação.

Com as mesmas funcionalidades das anteriores, a ferramenta ainda oferece mais vantagens, como o machine learning, que promete igualar a voz do bot a linguagem natural, como se fosse a voz de uma pessoa e não de um robô.

Além disso, os bots ainda podem guiar o visitante por um processo de compra e possui integrações com plataformas importantes como o PayPal. Também é possível usar o chatbot da ferramenta nos delivery de comida.

6. Sequel

O Sequel permite a criação de chatbots para o Facebook, Telegram, Kik e Viber, com a possibilidade de escolher entre 4 templates para estratégias diferentes, como jogos, histórias, publicações e SAC.

Se você deseja engajar o seu consumidor com uma estratégia de storytelling, colocando o seu bot para conversar com as pessoas, o Sequel é a ferramenta mais indicada.

É possível criar tanto o bot como o discurso gratuitamente.

7. Bluelab

O Bluelab é uma opção nacional para a criação do seu bot. Com clientes importantes como o Itaú, a Caixa e o canal Globosat, a ferramenta possui o BrainBot que é um agente virtual capaz de entender a linguagem natural tanto escrita como falada.

Além da construção do seu bot, a plataforma ainda oferece relatórios que permitem monitorar o chatbot em tempo real, melhorando a curva de taxa de acerto e de taxa de automação.

Os dados dos atendimentos podem ser enviados de forma detalhada por e-mail ou via FTP.

8. Blip

A Blip é outra ferramenta nacional para a criação de chatbots. Toda a criação é feita com passos bem simples e rapidamente você poderá estruturá-lo e colocá-lo no ar definindo o fluxo, o conteúdo da conversa e o canal no qual o bot será usado.

Além disso, a ferramenta ainda oferece relatórios customizados, gestão de contatos, permissões para equipes e opções de disparos.

A Blip oferece a possibilidade de você fazer o seu chatbot evoluir porque conta com soluções de inteligência artificial. Ou seja, o bot é capaz de interpretar as frases dos usuários e enviar respostas automaticamente.

O chatbot poderá puxar dados de vários sistemas da sua empresa como CRM ou ERP e poderá ser usado no Messenger, no Skype, enviar SMS ou no seu próprio site.

Como você viu, existem muitas ferramentas de chatbot no mercado. O importante é encontrar aquela que realmente ofereça uma solução para a sua necessidade, agregando mais uma possibilidade de relacionamento com seus clientes.

Você gostou deste conteúdo? Ainda tem alguma dúvida? É só deixar um comentário pra gente!

ebook marketing digital