Artigo originalmente publicado no blog da ACIC www.acicampinas.com.br, em 18/04/2017.

Mais do que possibilitar a conexão multimídia e instantânea entre as pessoas, o uso das tecnologias de Internet tem gerado transformações significativas no comportamento de compra do consumidor. Muitas empresas estão investimento em marketing de conteúdo para acompanhar e tirar proveito dessas mudanças.

De um lado, essas transformações são determinadas pelo crescente acesso à informação, disponível nos mais variados formatos e dispositivos. Segundo a Nielsen IBOPE, o número de domicílios brasileiros que possuem computador com acesso à Internet cresceu 10 vezes em 15 anos. Em 2015, esse número chegou a 95,6 milhões (gráfico abaixo). Adicionalmente, no mesmo ano, 76 milhões de pessoas tinham acesso a Internet através de seus smartphones.

Evolução do acesso à Internet

Fonte: Nielsen IBOPE. *com base no mês de setembro de cada ano

A mudança de postura do consumidor

Além disso, a transformação na forma como as pessoas compram produtos e serviços tem se intensificado em função de uma mudança de postura do consumidor. Ele aprendeu a usar a tecnologia a seu favor e, ativamente, busca por informações e sobre os produtos e serviços que deseja adquirir. Não precisamos ir longe: você já pesquisou sobre um produto ou serviço na Internet antes de decidir-se ou não pela compra? Segundo o Ibope Media, cerca de 92% dos potenciais clientes fazem isso.

Antes de comprar, o consumidor busca por informações no site da empresa, em anúncios, nas mídias sociais e em fóruns especializados. Existem inúmeras fontes sobre os produtos e serviços desejados. Dessa forma, a maior parte do processo de compra já está feito quando o consumidor entra em contato com o vendedor.

Por outro lado, as pessoas têm menos tempo e estão cansadas de tanta informação e, principalmente, de tanta interrupção: comerciais, e-mails indesejados, ligações de telemarketing etc. O consumidor moderno e bem informado não quer mais ser bombardeado por propaganda.

Novo cenário para as empresas

Nesse novo cenário digital, as empresas precisam se destacar, ser relevante para o seu público, entregar a mensagem que ele deseja ouvir e conquistar sua atenção. Porém, é preciso conhecer a fundo o seu público e ir além das informações básicas de localização geográfica, idade, sexo e renda. É fundamental conhecer os problemas e desafios que essas pessoas enfrentam no dia a dia, bem como os desejos e sonhos desses potenciais clientes.

Ao oferecer conteúdo de valor e falar diretamente com seus potenciais clientes, as empresas se posicionam como autoridade em seus segmentos de mercado, constroem uma relação de confiança e direcionam essas pessoas pelas etapas do processo de compra. Assim, através do marketing de conteúdo, as empresas conseguem estabelecer uma forte presença digital, tornando-se referência em seu mercado de atuação e, consequentemente, elas são encontradas facilmente na Internet.

Ao invés de dar ênfase única e exclusivamente à oferta de produtos e serviços, o marketing de conteúdo tem como objetivo produzir e distribuir informações relevantes que os clientes necessitam. A empresa que adota essa estratégia quer educar o seu público, ganhar autoridade e influenciar a decisão de compra.

Principais objetivos do marketing de conteúdo

Estratégias de marketing de conteúdo têm sido aplicadas com sucesso em empresas de diversos setores da economia, com os mais variados objetivos, dentre os quais destacam-se:

1. Ganhar visibilidade na Internet

As ferramentas de busca, como o Google, conseguem determinar se um conteúdo é relevante ou não para o usuário, com base no tempo de permanência na página e na qualidade dos links referenciados no texto, influenciando no ranqueamento do site.

2. Ganhar confiança do público-alvo

Entregar conteúdo de valor e solucionar problemas reais dos potenciais clientes faz com que a empresa se posicione como autoridade no seu segmento e, consequentemente, ganhe confiança do seu público.

3. Aumentar o engajamento dos clientes

Ganhar a atenção do seu público e fazer com que as pessoas comentem e compartilhem seu conteúdo nas redes sociais, por exemplo, é uma excelente forma de publicidade espontânea e prova social.

4. Nutrir a base de contatos

Manter um bom relacionamento com os potenciais clientes, por meio da produção e distribuição contínua de conteúdo relevante irá prepara-los até o momento ideal de compra.

5. Reduzir custos de aquisição de clientes

Ao adotar uma estratégia de marketing de conteúdo, naturalmente novos potenciais clientes acessarão o site da empresa de forma orgânica e recorrente.

6. Reter e fidelizar clientes

O marketing de conteúdo pode melhorar a experiência do cliente no pós-venda, fazendo com que ele continue utilizando os produtos e serviços da empresa.

A mudança no comportamento de compra do consumidor pós-Internet abre uma janela de oportunidades reais para que as empresas estabeleçam uma forte presença digital, por meio da adoção de estratégias de marketing de conteúdo. Criando-se, assim, vantagem competitiva sustentada em seus mercados de atuação.