Melhorar o posicionamento de mercado é uma das metas de inúmeras empresas e profissionais liberais atualmente, mas você sabe exatamente quais as vantagens de se tornar uma “autoridade” no seu ramo de atuação?

Com as modificações pelas quais o setor de vendas está passando, cada vez mais é importante trabalhar com a diferenciação das marcas, buscando, não apenas fechar negócios, mas encantar e fidelizar clientes – aumentando o seu networking e a sua influência.

Quer saber mais sobre esse assunto? Continue a leitura.

Por que investir em um posicionamento de mercado para a minha empresa?

Se você trabalha nas áreas de vendas ou de marketing, já deve ter notado que os consumidores estão modificando a forma como fecham negócios e se relacionam com as marcas.

Com muito mais informação à disposição, as pessoas não desejam apenas consumir de empresas que têm o melhor preço ou que não demonstram preocupação com nada além do lucro.

Para muitos clientes, é importante se relacionar com marcas que apresentam valores semelhantes ao deles, que possuem uma preocupação ambiental, por exemplo, ou que busquem agregar mais as suas vidas, além da venda de determinados produtos ou serviços – isso é o que chamamos de valor agregado e que pode fazer você conquistar mais clientes e vender mais.

Está difícil entender? Pense no posicionamento de mercado de grandes empresas, como a Coca-Cola e a Apple. Ao comprar delas, você não está apenas comprando um refrigerante ou um smartphone, por exemplo, mas sim consumindo uma marca com valores diferenciados e uma experiência única.

Justamente por isso, os clientes não se importam de pagar um valor mais elevado, porque eles sabem da qualidade única dos produtos e também querem ser vistos como diferenciados, consumindo marcas que possuem características e qualidades próprias.

Mas isso não significa que você precisa se tornar uma multinacional. Saber se posicionar corretamente no seu setor, vender os seus valores de marca e agregar experiências e informações aos seus clientes já é uma forma de se diferenciar, fidelizar mais clientes e, ainda, vender seus produtos ou serviços com um valor superior ao da concorrência.

Como posso me tornar uma autoridade no meu setor?

Com um trabalho integrado de branding e marketing digital é possível construir um posicionamento de mercado de autoridade e se diferenciar no seu setor, sem ter de fazer investimentos altos e nem modificar a sua forma de atuação. Veja algumas dicas:

1. Defina quem é a sua empresa

O primeiro passo é fazer a lição de casa, definindo a visão e os valores da sua marca. Pense, se o seu negócio fosse uma pessoa, quais características ela teria? Seria arrojada e moderna, ou mais conservadora? Seria uma empresa comunicativa e focada na satisfação dos clientes, ou mais acessível e jovem?

Todas essas informações são essenciais e devem estar alinhadas com as campanhas e as mensagens que você veicula do seu negócio, buscando atrair clientes que valorizem essas características.

2. Defina quem é o seu público-alvo

Além de compreender quais as características da sua marca, você também precisa definir quem é o seu público-alvo e trabalhar suas campanhas focadas nessas pessoas.

Vá além do que as informações básicas de localização, idade, sexo e renda. Pense nos problemas que essas pessoas vivenciam no dia a dia e de que forma a sua empresa pode ajudar, os desejos e sonhos desses potenciais clientes, os dilemas que eles enfrentam e outras questões que ajudem a construir a imagem de uma persona ideal para o seu negócio.

3. Produza conteúdo de qualidade e focado nessas necessidades

Compreendendo melhor o seu público-alvo é hora de começar a colocar a “mão na massa”, montando uma estratégia de marketing de conteúdo. Para isso, você terá de ter um blog corporativo e estar presente nas redes sociais que os seus potenciais clientes usam.

Em seguida, faça uma pesquisa com as palavras-chaves que essas pessoas costumam buscar na rede e que estejam associadas ao seu negócio. A partir disso, comece a produzir conteúdo altamente informativo e que ajude esses potenciais clientes a resolverem seus problemas e a se educarem melhor sobre o seu mercado e o seu negócio.

Muitos empresários pensam erroneamente que produzindo conteúdos gratuitos estarão fazendo com que essas pessoas não comprem das suas empresas. Isso não é verdade.

Ao oferecer uma ajuda especializada e falando diretamente com seu potencial cliente você estará construindo uma relação de confiança com essas pessoas, mostrando os diferenciais e os valores da sua marca e se colocando ao lado delas como uma verdadeira empresa amiga, e não apenas um negócio que somente visa o lucro.

Tudo isso ajuda a modificar a percepção dos seus possíveis clientes que, quando necessitarem de uma empresa no seu ramo, estarão muito mais propensos a fecharem negócio com você do que com a concorrência, ainda que eles tenham preços menores, por exemplo.

4. Dissemine esse conteúdo adequadamente

Apenas produzir conteúdo focado não é garantia de que as pessoas chegarão até o seu blog e, como consequência, conhecerão a sua empresa. É fundamental que você pense em uma estratégia de disseminação.

As redes sociais são ótimas maneiras de conseguir falar diretamente com o seu público de interesse, por isso você pode pensar em formas atrativas de publicar esses links gerando engajamento.

Não se esqueça de também buscar compreender quais tipos de conteúdo são mais indicados para a sua clientela. Se você notar que seus possíveis clientes preferem conteúdos em vídeos ou em infográficos, por exemplo, produza-os dessa maneira.

E, claro, use também o e-mail marketing para continuar nutrindo o contato com as pessoas que se cadastram na sua newsletter, por exemplo, enviando conteúdos relacionados com as pesquisas e os produtos que elas têm interesse.

Quais os benefícios reais de melhorar o meu posicionamento estratégico?

Depois de todas essas informações, você pode estar achando que promover uma estratégia de marketing de conteúdo é muito complicado e demorado, não é mesmo?

Mas, saiba que as vantagens trazidas para o seu negócio serão inúmeras, como:

  • Alta fidelização de clientes;
  • Diminuição dos custos de aquisição de novos clientes;
  • Possibilidade de vender produtos com uma margem de lucro maior e por valores mais altos que o da concorrência;
  • Menor influência das variações de mercado;
  • Ampliação do networking.

Já está convencido de que se tornar uma referência no seu setor de atuação e melhorar o seu posicionamento de mercado é ideal para a sua empresa? Assine a nossa newsletter e continue sempre recebendo conteúdos interessantes e informativos como esse!